Em Kyoto, tradição e cultura andam de mãos dadas

Kyoto recebeu-nos com chuva mas decidimos que isso não ia ser um impedimento porque tínhamos muita coisa para ver. Demos finalmente uso aos famosos guarda-chuvas transparentes que nos apareceram em todas as casas do Airbnb e seguimos viagem. Pouco foi preciso andar para nos apercebermos que a mística desta cidade era completamente diferente do pouco que já tínhamos visto no Japão.

kyoto_66kyoto_62kyoto_64

Milhares de templos, casinhas em madeira e jardins impecavelmente tratados. Aqui, tradição e cultura andam sempre de mãos dadas e a verdadeira prova disso foi uma das nossas primeiras paragens: o antigo Palácio Imperial. Não conseguimos visitar o interior, até porque é preciso marcar com alguma antecedência, mas os grandiosos jardins chegaram para nos deixar maravilhados e com a certeza de que a cidade nos ia deixar de queixo caído.

kyoto_51kyoto_56kyoto_53kyoto_52

Sim, Kyoto tem um valor histórico incalculável e milhares de templos para conhecer. É impossível vê-los a todos (aliás, por mais bonitos que sejam, passados alguns dias começa a cansar ver sempre mais do mesmo), por isso, a melhor opção é escolher previamente aqueles que queremos mesmo visitar: Kiyomizu-dera e Kinkaku-ji foram, sem dúvida, os nossos preferidos. Mas, templos à parte, a cidade tem muito mais para oferecer.

kyoto_39kyoto_19kyoto_40

Uma das partes que mais nos empolgava era o ambiente quase secreto de Gion, o famoso bairro das gueishas. Mas desengane-se quem pensa que ver uma destas tradicionais figuras japonesas é assim tão simples. As gueishas são muito discretas e raramente são vistas a passear pelas ruas. Inicialmente, chega a ser engraçado ver os turistas numa espécie de “caça ao tesouro” (nós próprios caímos nesse erro) mas depois acaba por se tornar verdadeiramente incómodo ver a falta de privacidade a que são sujeitas quando são avistadas. Infelizmente, há quem faça de tudo por uma fotografia.

kyoto_29kyoto_33kyoto_30kyoto_31

Seguimos para Pontocho ao anoitecer, a melhor hora para percorrer esta zona de becos estreitos, com uma atmosfera também ela muito misteriosa e cheia de restaurantes que nos convidam logo a entrar, quer seja pelos candeeiros típicos à porta, quer pelo cheirinho a comida acabada de fazer. Um bom sítio para jantar e a seguir ir beber um copo.

kyoto_47kyoto_14.jpgkyoto_49

E muito mais fica por contar sobre esta cidade incrível, por isso, deixamos os episódios seguintes para um próximo post. Entretanto, quem é que ainda não viu o nosso vídeo?

 

Submit a comment

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s