Da correria do mercado Tsukiji à tranquilidade de Nikko

O mercado Tsukiji era um dos sítios em Tóquio que mais despertava a nossa curiosidade. Afinal, trata-se do maior mercado de peixe do mundo e é palco dos emblemáticos leilões de atum. Para quem quiser presenciar um, preparem-se para acordar cedo porque começam por volta das cinco, seis da manhã.

toquio-japao-tsukiji-bancastoquio-japao-tsukiji-banca1toquio-japao-tsukiji-peixe

O mercado é composto por duas áreas: uma interna onde se encontram as bancas e os vendedores, e outra no exterior, com várias ruelas repletas de tascas e lojas onde se vende um pouco de tudo. Começámos pelo interior, onde a verdadeira magia acontece. Os protagonistas já andavam em arrumações, com carrinhos a passar de um lado para o outro nas passagens estreitas e a fazer contas ao dia que, embora para nós estivesse a começar, já ia a meio para eles.

toquio-japao-tsukiji-homenstoquio-japao-tsukiji-bwtoquio-japao-tsukiji-restos

Não esperem um sorriso de orelha a orelha destes vendedores. A verdade é que estão ali para trabalhar e para ganhar o deles e, por isso, como se diz na minha terra, estão a “marimbar-se” para os turistas fascinados e agarrados às máquinas fotográficas topo de gama. Mesmo assim, conseguimos grandes imagens. Quem diria que um sítio tão industrial e cinzento poderia ser tão fotogénico.

toquio-japao-tsukiji-bw1toquio-japao-tsukiji-mercado

Quando no interior tudo parecia calmo e silencioso, no exterior o caso mudou totalmente de figura. Estava a aproximar-se a hora de almoço e as ruelas ficaram completamente cheias. Não somos grande apreciadores de sushi mas, afinal, estávamos na “meca” do peixe fresco e afins, não podíamos ir embora sem provar. Lá encontrámos uma tasca engraçada que oferecia boa cerveja e sashimi de atum. Podia ser a fome a falar, mas não caiu nada mal.

Atenção: Depois de vários avanços e recuos, parece que é desta (2018) que o mercado vai mudar de localização. Caso estejam de visita ao Japão este ano, tenham isso em conta no planeamento da vossa viagem.

toquio-japao-tsukiji-peixe-balaotoquio-japao-tsukiji-banca

E sendo este o nosso último post sobre Tóquio, não podíamos deixar de mencionar Nikko, uma pequena cidade a 125 quilómetros que fica a cerca de duas horas de viagem de comboio. Uma boa oportunidade para dar um descanso à confusão da metrópole e passar um dia mais tranquilo. Além da paisagem verde das montanhas e dos trilhos, podem visitar o Toshogu, o templo mais luxuosamente decorado do país, e a ponte Shinkyo que, apesar de ser muito bonita, nos desiludiu um bocado pelo facto de se ter de pagar um bilhete só para poder atravessá-la.

nikko-japao-templonikko-japao-pontenikko-japao-pipanikko-japao-gui

Para fechar em beleza, cá vai mais uma dica que pode dar muito jeito a quem não tem um orçamento muito extenso mas gostava na mesma de ter uma vista “wow” da cidade: o Tokyo Metropolitan Government Building. Tal como o nome indica, trata-se de um edifício do Governo, onde não se paga nada para entrar e que vai deixar-vos de queixo caído. Não precisamos de dizer mais nada, as fotografias falam por si.

toquio-japao-cidadetoquio-japao-rooftop-pessoas

Ps. Já viste o nosso vídeo sobre o Japão?

Submit a comment

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s